Monday, July 19, 2010

Regresso a casa

Ao voltar a casa lembrei-me do meu amor.

Aqueceu-me a sua luz na ponte
o olhar correndo o horizonte,
olhos na bruma sobre a serra ao fundo
a memória de como ela é o meu mundo
o sonho profundo que me leva na asa
o lugar de regresso, a minha casa


O meu leito, o meu espaço
O destino do último passo
O lugar do riso, do choro e do prazer
O serpentear das colinas que me viram nascer
O meu refúgio, o meu encanto, a minha recordação sempre boa
A minha cidade, a minha raíz, o meu amor, Lisboa.

5 comments:

  1. Lindo de morrer. Parabéns! Gosto tanto...

    PB

    ReplyDelete
  2. És uma caixinha de surpresas :)))

    ReplyDelete
  3. :)) QUE BOM !
    BOA SURPRESA,PARABENS !
    SAUDADES DE LISBOA...

    ReplyDelete
  4. chillybar,sou eu , gabriel
    abrazo

    ReplyDelete